Sameblood Os Primos – A Male Ya Pepa

Sameblood Os Primos - A Male Ya Pepa
Sameblood Os Primos – A Male Ya Pepa
Sameblood Os Primos
A Male Ya Pepa
787 Downloads download icon

ouvir musica

previous
play_pause
next
speaker
0:00
0:00

Baixar Musica MP3 download icon

  • Author: Sameblood Os Primos(feat. Hernâni da Silva, New Joint, Ellputo, Djimetta)
  • Titulo: A Male Ya Pepa
  • Categoria:
  • Ano: 2020
Sameblood Os Primos - A Male Ya Pepa Download mp3

baixar musicas de Sameblood Os Primos

biografia de Hernâni da Silva

Hernâni da Silva Mudanisse é um (songwriter, produtor) Rapper moçambicano com queda para os géneros Hip-Hop e R&B. Graças às suas tardes borings quando mais novo, descobriu a paixão pela música e é agora considerado um dos melhores no país devido aos seus freestyles e músicas, que sempre trazem algo de diferente, engraçado, comovente e criativo. É frequentemente convidado aos maiores show de Hip-Hop e para participar em várias músicas tornando-lhe um dos artistas com mais participações no país. Hernâni é também irmão da grande cantora Dama do Bling.[carece de fontes]

Hernâni iniciou a sua carreira com os seus 14 anos em 2003. Nesse preciso ano, juntou-se à 360 Graus (grupo moçambicano de Hip-Hop de renome, considerados os pioneiros do estilo “Bounce” no país) a convite do seu colega de escola e amigo Ell Puto, onde faziam parte dele artistas como: Mic B, Ell Puto, Dynomite, Denny OG, Suky, Bala de Prata, Dygo Boy, Julie, Chamil, F Cash e LayLizzy, tornando-se o rapper mais novo do grupo e quiçá da cidade. No momento de integração no grupo, teve a oportunidade de participar (e consequentemente vencer) num concurso de freestyles (Battles) onde participaram vários rappers reconhecidos e desconhecidos. Concurso este que lhe trouxe muita relevância no âmbito do Hip-Hop nacional. Algum tempo depois, formou-se um sub-grupo dentro da 360 Graus denomidado Young Sixties, constituída pelos membros mais novos do grupo que por vários anos dominou o mercado dos mais novos com as suas músicas bounce e românticas. Uma espécie de boy band moçambicana de Hip-Hop.[carece de fontes]

Depois de várias músicas e álbum do grupo, assim como algumas mixtapes individuais, no início de 2007 lança o seu primeiro som solo denominado Jump!. A música teve um impacto muito positivo na comunidade Hip-Hop garantindo radioplay no programa Hip-Hop Time (no momento, era o único programa de rádio de Hip-Hop no país), onde detectou-se nela, o dote em Hernâni para o Hip-Hop mais inclinado para os punchlines. Foi desde então, que as participações se exponenciaram até os dias de hoje, por quererem ouvir aquelas ideias que só ele tem, tendo já participado em músicas de vários artistas como 2 Hustler, Azagaia, BMF, CFKappa, Dama Do Bling, Damani Van Dunem, DJ Beatkeepa, DJ Dabo, DJ Damost, DJ Dilson, DJ Elex, DJ Faya, DJ Junior, DJ Soneca, D-Lon, DMG, Duas Caras, G2, Gabriela, GPRO, James Prod, Kalibrados, Magnézia, Mr Dino, New Joint, Nikotina KF, NRA, Os Do Momento, Raiva, Ready Netro, Rolex, Slim Nigga, Sweet Boys, Trio Fam, Xtaka Zero, Ziqo, etc. [carece de fontes]

Depois de Jump!, foi lançando mais singles de tempo em tempo,e alguns dos seus sucessos incluem:Minha Colega, 2011, Música de FDS, Ex-Favorita, WhatsApp, Góia, Leva Meu Cartão, e Escova.[carece de fontes]

As suas várias mixtapes, lançadas desde 2003 até o presente, onde a maioria das músicas são remixes/freestyles, isto é, em beats americanos, também lhe trouxeram grande relevância no mercado lusófono, com especial atenção aos sucessos: PQSP, Melhor Que Agora, Happy Birthday, Commas, Kemosabe, Música de Amor, Fã #1, Comé, e Hustle Hard.[carece de fontes]

Em 2013, lança o seu primeiro CD físico. Um Single/EP intitulado Hernâni contendo 9 músicas.[carece de fontes]

Depois do desaparecimento dos yung sixties 2009, a febre volta em 2015 com a criação por parte de Ell Puto e LayLizzy, e inclusão do mesmo no agrupamento Sameblood Os Primos, grupo constituido por mais de 20 artistas, a maioria já com bagagem no mercado musical. Nos finais do ano lançam o álbum Os Primos e desde então tem sido considerados como o maior movimento de Hip-Hop nacional.[carece de fontes]

Para além de já ter conhecido 70% do seu país graças aos seus sucessos, já representou o país em Angola pro lançamento do DJ Soneca, e em Kenya para terceira época do Coke Studio África.[carece de fontes]

Já foi nomeado várias vezes para os Mozambique Music Awards, e participou em grandes eventos como: Show de Celebração da Independência Nacional, Tournée dos artistas Bow Wow, Fat Joe, 50 Cent AKA, Team de Sonho e NGA em Mçambiqu, Festival AZGO, Festival do Pandza, Tournê Coca-Cola Mundial 2014 em Maputo e mais.[carece de fontes]

Apelidado como o Melhor Rapper de Moz por muitos, Hernâni já teve a honra de ser elogiado por grandes músicos lusófonos como Sam The Kid, Duas Caras, Anselmo Ralph, Regula, Dji Tafinha, entre outros artistas.

Discografia

Álbuns, Mixtapes e EP:

AnoCompilaçãoTítuloDownload digital grátis
2019MixtapeMudanisse Fex Remix Vol.2Download digital grátis
MixtapePunchlines for days IIDownload digital grátis
2018EPSextas FelizesVenda física e digital
2018MixtapeThe Wenger Out MixtapeDownload digital grátis
2017MixtapeMudanisse Fez Remix Vol. 1Download digital grátis
MixtapePunchlines for daysDownload digital grátis
MixtapeMúsicas Perdidas IIDownload digital grátis
2016ÁlbumPontas de Lança (com Slim Nigga)Venda física e digital
2015ÁlbumSameblood Os Primos (com Os Primos)Download digital grátis
MixtapeR&B Nanye Vol. 1Download digital grátis
MixtapeFreestyle Vol.1Download digital grátis
2013EPHernâniVenda física e digital
MixtapeJá Ouviste A Tape?Download digital grátis
MixtapeMúsicas PerdidasDownload digital grátis
2012MixtapeSei O Que Fizeste No Ano PassadoDownload digital grátis
2010MixtapeMixtapeDownload digital grátis
2006ÀlbumSelecção Nacional (com 360 Graus)Venda física

Singles:

AnoTítulo
2019Pai Perdoa-lhes
2018Nanas Lindas
2018Drena
2018Tu
2018Tuas Selfies
2018Pensamento dum Egoísta
2016Escova
2015Leva meu cartão
2013Góia
2013Gajos com Mola em Maputo
2013One Ziqo Song
2012WhatsApp
2012Ex-Favorita
2012Música de Fim-de-Semana
2011Melhor Que Agora
20112011
2010Anibalzinha
2009PQSP
2007Hey!
2007Jump

Prémios e indicações

AnoPrêmioCategoriaMúsicaResultado
2016Vodacom Vibratoques AwardsMelhor Hip-HopMúsica de FDS|style=”text-align:center;background: #ffdddd;vertical-align: middle;” class=”table-no2″| Indicado
2015Prêmio da Música MoçambicanaMelhor Hip-HopChapa com Lay LizzyVenceu
2014Prêmio da Música MoçambicanaMelhor Hip-HopWhatsAppIndicado
2014Prêmio da Música MoçambicanaMelhor PandzaOne Ziqo Song com LuarIndicado
2013Prêmio da Música MoçambicanaMelhor Hip-HopMúsica de FDSIndicado

FONTE: WIKIPEDIA

biografia de Djimetta

Edmilson Yuran dos Santos Lemos Matavele mais conhecido pelos nomes Djimetta e Djimmy Hendrixxx é um artista/Rapper Moçambicano nascido a 31 de Março de 1993.
Desde muito cedo começou a ter inclinação para as artes, como pintura e design gráfico, tanto que ele mesmo afirma que não faria nada que não que seja uma forma de Arte.

Ganhou gosto pela música ainda com por volta dos 5 anos, quando vivia com 2 tios que viviam muito a cultura Hip Hop, e mostravam músicas de Rappers como 2 PAC e DMX para o jovem Eddy. Com volta de 11 anos começou a escrever letras próprias.

Aos 14 anos teve a sua primeira experiência em estúdio e desde lá até cá nunca mais parou.
Lançou a sua primeira música oficial com apenas 16 anos, intitulada “quem tem mais swagg” com participação de Hernâni da Silva.

Começou a sua carreira com o nome Eddy Matt, depois mudou para Djimetta
e ainda surgiu o nome Djimmy Hendrixxx, inspirado na estrela de Rock “Jimi Hendrix“, que era para ser usado em suas músicas em inglês, mas acabou não conseguindo registar o nome.
É também conhecido como Djimmy With The Capital D, pelo facto de o nome dele iniciar com a letra D e não com o tradicional J.

Rapper muito fluente no inglês, parcialmente pelo facto de ter estudado na África do Sul trouxe o seu primeiro projecto em 2012, já com selo da Sameblood, intitulado Payback Time quando tinha 18 anos, em sua grande maioria constituído por músicas em português, e depois veio em 2017 o projeto Djimmy Hendrixxx em inglês. Mas apesar de já ter lançado músicas em português e ter tido participações em português nas músicas e projetos da Sameblood surpreendeu a tudo e a todos quando lançou em 2018 a EP “Tempestade” com 5 músicas em português e teve uma enorme aceitação criando realmente uma tempestade.

Logo depois veio “Rainbow Monkey” no seu mais habitual estilo em Inglês.
Djimetta tem como principais inspirações para o seu estilo musical artistas como Eminem, Lil Wayne, Future,  Big Sean e Hernâni Da Silva , apesar dele reconhecer-se a si mesmo e aos seus parentes como principais inspirações.

Tem como seis principais objectivos com a música ” iluminar mentes, abrir os olhos de quem não tem os olhos abertos, mostrar ao mundo que liberdade absoluta é alcançável, motivar, inspirar e espalhar amor”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *